food, art & spirits

food, art & spirits

sexta-feira, 25 de maio de 2012

sê inteiro


Tudo é ousado para quem nada se atreve, disse meu poeta preferido – Fernando Pessoa. E eu depois de ...maduro, por assim dizer, decidi me aventurar por campos nunca dantes percorridos por mim. Talvez esteja à recherche du temps perdu, talvez esteja em fuga mesmo – sei lá. Mas mudanças são como os círculos que surgem quando jogamos uma pedra no lago – imprevisíveis, não sabemos onde terminarão. Decidi mudar o rumo estático de minha vida profissional – e estou enlouquecendo, com um milhão de ideias simultâneas. Plano A, Plano B, Plano C, Plano Ypisilone, tudojuntoaomesmotempoagora. E estou despejando uma energia imensa em minha cozinha, executando pratos  que nunca fiz em minha vida – doces, tortas, biscoitos, bolos fofíssimos, 


praticamente uma Tia Anastácia de barbas grisalhas. Esta semana aventurei-me em duas receitas novas para mim, no período de curto tempo. A primeira, uma Torta de Chocolate e Morangos, da Fer Guimarães Rosa – pausa: eu acho que a detesto (a Fer,não a torta), e não confesso. Tudo o que esta mulher faz e mostra em seu blog é irritantemente desejável, de suas saladas perfeitas às tortas e bolos, ilustrados com fotos perfeitas de seu fornecedor de orgânicos, seus pratos floridos, parecem ter saído do blog do Todd Selby – voltando... cuja receita você encontra aqui. Uma receita fácil, de sabor intenso – no meu caso, reforçado por uma caldinha de mel de laranjeira que usei para dar um brilho nos morangos, que casou perfeitamente com o ligeiro amargor do chocolate. Terminei-a tarde da noite, e ela fez uma duplinha perfeita com um chá Oolong que trouxe de Shanghai. Enquanto admirava minha obra, 

e sentia o perfume amadeirado do chá exalando, pensei – estou ficando velho...quem em sã consciência cismaria de fazer uma torta às 10 da noite, depois de trabalhar o dia inteiro?
Ainda sobrava um pedacinho solitário desta torta na geladeira dias depois, quando decidi me aventurar numa de minhas tortas preferidas – Apple Pie - novamente as 21h30m... Procurei a receita que mais se aproximava do que eu achava que seria a torta perfeita, e confesso que não sei de quem é esta receita – estava anotada em meu IPad, sinal de que esta foi retirada da rede, e desculpe-me o autor não creditado, mas segue a receita abaixo. E embevecido admito – a torta saiu muito próxima às melhores tortas de maçã que comi na Big Apple, um pouco mais baixa do que as lá servidas, pois a forma disponível era um pouco maior do que o recomendado, mas mesmo assim de recheio untuoso e massa muito, bastante leve.
 (olha que recheio...)

Estou lendo horrores, arrumando a casa, pensando num projeto futuro, pensando em voltar a estudar,  e cozinhando intensamente. Definitivamente, a recherche du temps perdu...

apple pie
2 e 1/2 xícaras de farinha peneirada
1 colher de chá de sal
200 gramas de manteiga sem sal (temperatura ambiente)
100 ml de água gelada
1 kg de maçãs Granny Smith sem cascas e sementes
suco de 1 limão
3/4 de xícara de açúcar refinado
1/4 de xícara de açúcar mascavo
3 colheres de sopa de farinha de trigo
noz moscada ralada
canela em pó
1 gema
1 colher de sopa de leite gelado

Misture o sal e a farinha de trigo, acrescente a manteiga em pedaços, misture e adicione a água gelada aos poucos, até obter uma massa homogênea. Cubra-a com filme plástico e deixe na geladeira por 20 minutos.
Pique as maçãs em pedaços médios, e cozinhe com os demais ingredientes por 10 minutos. Reserve e espere esfriar para usa-la.
Enfarinhe uma superfície lisa e abra a massa com o rolo, até ficar bem fina. Dobre em 3 partes no sentido da largura e ao meio no sentido do comprimento, como um retângulo, e novamente abra a massa com o rolo. corte em dois círculos, um maior para a base, e outro para a cobertura.
Coloque a massa na forma, recheie com as maçãs já frias, cubra com a massa e pincele com a gema batida no leite. leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por 40 minutos.


22 comentários:

  1. Amo essas tortas de maçã de desenho animado. Quentes, fumegantes e cremosas.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre quis fazer uma daquelas tortas de desenho animado também...Até comprei um rolo poderoso, chic - mas não saiba o que acontece com minha cozinha, toda preta, quando decido receber esta entidade...abs.

      Excluir
  2. Ah...e aquele bolo lá em cima parece tão apetitoso...

    ResponderExcluir
  3. Uau que idéia genial, que blog tão leve (apesar das muitas calorias), estou lendo todas as crônicas passadas e me divertindo com vc (ri alto por aqui com a Tia Anastácia de barba grisalha). Espero que essa sua fase de cozinhar bastante dure muito e vc possa nos presentear cada vez mais com suas crônicas. Eu adoro escrever, mas nunca relacionei comida à escrita, agora estou escrevendo um soneto para um cupcake enamorado para o dia dos namorados. Depois te mostro... Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tks Larissa! Vamos nos encontrar na blogsfera doravante. Ou em algum post coletivo, quem sabe? Abraços

      Excluir
  4. Voila, estou curtindo muito suas barbas grisalhas, na versao "recherche du temps perdu".
    Quem sabe nao sera nesta temporada a exibicao daquela receita maravilhosa da panna cotta que Tia Anastacia fez para as comemoracoes de final de ano!
    Ouca o clamor dos seus seguidores, rsrsrs
    Bjk
    Mia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mia, estou estudando os diversos sabores de panna cotta. Em breve, post com degustação...Bjs e obrigado!

      Excluir
    2. Wair, sempre que leio seus escritos, me vem a sensacao de que lhe conheco ha tempos, tal a identidade.Mas tambem...depois daquela apresentacao da comadre!!!
      Amigos de criancinha, pode pensar assim, nao vou me importar, uma ligeira gozacao nao faz mal nao, rsrsrs.
      Assim, soh pra dizer como eh prazeroso ler uma resposta sua, tal como uma conversa de sofa, mas nao eh qualquer sofa nao... um daqueles da " nossa loja de Recife, viu?
      Bjk
      Mia

      Excluir
  5. Wair, sua torta e seu bolo ficaram lindos! obrigada pela citação, mas por favor não me deteste [acho que ja tem gente demais fazendo isso––hahaha!] abraço! :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como dizia o poeta (ou era o jornal Pasquim, não sei...) a inveja é uma m....!
      Forte abraço, caríssima.

      Excluir
  6. oi querido tudo bem ?? passeando pelos blogs achei o seu e amei a receita ..muito boa mesmo parabens
    vou levando ok
    venha visitar minha cozinha bem caseira ok
    www.artesdasadhianacozinha.com
    bjokas

    ResponderExcluir
  7. Genteeeeeeeeeeeee... adorei Miami... tudo mutcho apetitoso! Memso! E Tia Anastácia das barbas grisalhas foi TOP... hahaha! Hugz, man!

    ResponderExcluir
  8. Que bom que curtiu o texto, querido! Fico bem feliz! Hugzones, man!

    ResponderExcluir
  9. Wair, estou sempre aqui lendo e me divertindo muito com suas publicações. Já tentei deixar um comentário aqui mas sempre acabo desistindo. Não ria, mas me sinto uma analfabeta aqui! Seus textos são ótimos e merecem estar num livro! Taí um outro projeto a se pensar nessa nova etapa de sua vida!
    E que venham muitos bolos "after 9"! ;)
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tks Akemi! Já pensei num livro, mas agora aquele insuportável do Sandro, do Um Litro de Letras, parece que vai lançar um - e eu não sou louco de concorrer com aquele Guimarães Rosa da gastronomia...bjs e obrigado
      Wair

      Excluir
  10. Que delícia estas tortas e este bolo fofissimo, amei! Tomara a Tia Anastacia continue ispirsds, nós é que ganhamos com isto. Bjssssss
    Regina Servo

    ResponderExcluir
  11. queria poder provar esses seus bolos e tortas. rs
    abraços!

    ResponderExcluir
  12. Luxoooooo! Adorei.
    Beijos,
    Mary & Fred

    ResponderExcluir
  13. Adoro posts coletivos Wair, se vc tiver akguma idéia estou às ordens. Bjos

    ResponderExcluir