food, art & spirits

food, art & spirits

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Raphaelices e Gabrielices e...

Cena 1 - Gabriel (já citado aqui) vem à Galeria na sexta feira à tarde. Doce e animado como sempre, pergunta coisas sobre algumas obras, questiona outras, come uns biscoitinhos, joga charme sobre a gente e vai embora, levado pela mãe. À noite, comadre me liga com a novidade, descrevendo o papo entre eles muito tempo depois de que daqui saíram:
"-Mamãe, quando eu crescer quero ter uma galeria.
- Galeria de que, Gabriel?
- Galeria de Arte, mamãe!"
Cena 2 - No dia seguinte, sábado recebendo convidados para a exposição de obras de Luis Pons, grande designer Venezuelano, topo com Annita, uma menina de 7 anos super despachada e perspicaz. Sentamos na escada com sua mãe, e ela me diz que adora arte. Segue o papo
"- Annita, se você quiser trazer os amiguinhos da sua turma da escola até a Galeria para eles conhecerem, pode trazer ok?

- Posso? Então eu vou organizar isto! Mamãe, marque uma reunião para fazermos isto.
(...passado...)
- Mamãe, você vai me ajudar a organizar isto, tá?!
(...passado#2...)
Tiramos uma foto, e ela fez "a" pose.

Cena 3 - no final deste mesmo dia, recebo um telefonema:
"-Dindo, vamos fazer biscoito?
- Oi Raphael, tudo bom? Você quer fazer biscoitos?
- SIIIIIIM. Vamos fazer biscoito aqui em casa amanhã? Eu preciso comprar os "inguedientes"?
- Não Rapha, eu levo."
No domingo, fomos para a casa da comadre. Raphael e Thomas me recebem animados, "vamos fazer biscoito?!?!??!", almoçamos e o Raphael cobrando a promessa. Fomos para a cozinha, ele já de avental e lenço na cabeça. Botou a mão na massa, me ajudou a esticar e cortar os biscoitos, passou no açúcar e comeu vários, super feliz.

Mais feliz estava eu.

Biscoitos "Raphaelitas"
Confesso que eu nunca tinha feito biscoito na vida. Contava com a internet para na hora sacar uma receita do IPad, mas na hora "H" cadê a internet? O jeito foi improvisar.
1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de açúcar
50 gramas de manteiga
1 ovo
2 colheres de leite 
1 colher de café de bicarbonato
1 colher de sopa de raspas de limão siciliano
Calda
suco de 1 limão siciliano
4 colheres de açúcar
Misture a farinha, o açúcar, o bicarbonato e as raspas de limão. Acrescente a manteiga e incorpore até virar uma espécie de farofa. Acrescente o ovo e 1 colher de leite, incorpore até que a massa fique em ponto de esticar. Se precisar, coloque o resto do leite.
Descanse a massa por 30 minutos na geladeira (o que, no caso, não aconteceu. Meia hora para meu assistente era demais...). Abra com o rolo, corte com o molde desejado, coloque em forma ligeiramente untada no forno a 180 graus por 10 minutos. Vire os biscoitos, e deixe por mais 5 minutos.
Misture o suco de limão e o restante do açúcar, e leve ao fogo até virar uma calda fina. Molhe uma face do biscoito sobre a calda morna, polvilhe açúcar de confeiteiro sobre a superfície molhada e sirva.
(este post foi escrito sem nenhuma intenção ou influência do dia da criança. foram meras coincidências.)





12 comentários:

  1. Demais !!!!!! São uns fofos!!!!

    ResponderExcluir
  2. Dias pra se guardar na memória gustativa e emocional!
    E lá no futuro, fechar os olhos e dizer "inguedientes" e sorrir!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Gabriel é lindo, Raphael um doce(que olhos) e a garota!!! estilosa a menina... lindos.
    A garotada de hoje é surpreendente.... tenho alguns "exemplares" por aqui... perfeitos!

    Abraços Wair.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapha e Gabriel são meus amores, junto à Valentina - que aparece aqui qualquer dia destes.

      Excluir
  4. Que crianças mais estilosas e poderosas! Adorei! E morri(emCristo) nessa tua t-shirt, menino!!! Show!!!
    PS: tb curti os binhinhos atropelados! #temosproblema? Não, nzé? Hugzão, gatão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esta camiseta fez o maior sucesso - é do designer Luiz Pons.

      Excluir
  5. Crianças de hoje em dia comportam-se melhor que muitos adultos. A Annita é estilosa, mas o Raphael conquistou meu coração com louvores por colocar a mão na massa. Que lindo! Se eu aqui lendo fiquei super feliz, imagino você!
    Bêjo

    ResponderExcluir