food, art & spirits

food, art & spirits

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

i´m hot

Não se assustem com a pretensão do título do post. Eu não quis dizer "eu sou", e sim "eu estou" - E NO SENTIDO FIGURADO, please!! É que estou numa fase apimentada. Colocando pimenta em tudo, sentindo um prazer em perceber a diferença dos sabores das pimentas, não apenas sua ardência, a surpresa. 
(na foto acima, a surpresa quase veio depois da terceira vodka - eu ia colocando a vodka na comida e engolindo a pimenta...)
Na verdade, a pimenta é a surpresa da comida. Se está muito salgado, você sente na hora - a mesma coisa o contrário. Mas a pimenta se apresenta timidamente, e depois pode ou mostrar a que veio de forma elegante porém definitiva, ou então arrebentar a boca do balão mesmo, irrompendo em ardidos e calores, provocando lágrimas. Eu fui aprendendo a gostar de pimenta aos poucos - ainda não sou completamente afeito às ardências (para mim exageradas) de alguns pratos mexicanos, bem como o Kimchi ainda me provoca reações adversas - quero provar, mas literalmente não aguento (além de achar meio feio). E eu não sou o único - machões empertigados podem se ver subitamente minimizados perante ao poder desta iguaria, como vocês podem ver abaixo com Wolverine himself,  Sr. Hugh Jackman (na ótima série The Kimchi Chronicles, de Jean Georges Vongerichten e sua esposa).


Mas estou levando a sério esta história de pimenta, começando a fazer as minhas próprias conservas, já plantei um pé de pimenta dedo-de-moça no jardim, estou revendo minhas relações com o chilli, comprei um pote generoso de gojuchang - a pasta coreana de pimenta vermelha, estou esperando chegar uma parente dela - toban djan, esta chinesa, e esta ardência já está pegando até nos meus sucos matinais, sob a forma de largos pedaços de gengibre batidos junto com frutas diversas. E eu desenvolvi minha própria receita de suco de tomate temperado, inspirado por minha comadre C. que adora este drink não alcóolico. Minha versão é domesticada na medida, mas os mais audazes podem caprichar nos temperos. E vou conseguir escapar ao lugar comum de "pimenta no dos outros é refresco", pois acho que pimenta é igual juízo - use na medida de sua vontade. E prazer, claro.


Suco de tomate temperado
1 colher de sobremesa de sal
1 pimenta dedo de moça 
1 dose de suco de tomate
suco de meio limão
várias gotas de tabasco
algumas gotas de molho inglês
peperoncini seco moído
uma pitada de sal Maldon

Macere a pimenta dedo de moça sem as sementes (para tirar um pouco da ardência) com o sal, reserve.
Misture todos os ingredientes numa coqueteleira com muitos cubos de gelo e mexa (Stirred, not shaken!) até gelar bastante o suco. Molhe a borda de um copo com um tiquinho de limão e passe no sal macerado. Coloque uma pedra  (ou duas, dependendo do tamanho do copo) de gelo  e derrame lentamente o suco coado, colocando um talo de aipo. Coragem, é muito bom.

11 comentários:

  1. Hmmmmmm, adoro pimenta mas tô longe de conhecer! Quem sabe este ano? Drink bacana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos combinar de tomar este drink! Abraços.

      Excluir
  2. Não consigo abrir o vídeo no Ipad - alias, ele nem aparece.'.justo o Wolverine desapareceu? #xatiada...
    Beijos
    Leila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não me pergunte, tb não consegui depois, só no laptop...

      Excluir
  3. Que bom saber que estou em tão boa companhia em meu preconceito com a cara do kimchi. :D
    Não sabia que JGV tem programa de comida, adoro o livro dele e comi muito bem no Nougatine.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pat, não é exatamente um programa, foi uma série de vídeos muito bem feitos sobre a culinária da Coréia. Mas adoro JGV, o Jojo em NYC é ótimo e de excepcional custo-benefício, e o ABC todo orgânico é uma delícia.
      bjs

      Excluir
  4. Vou colocar o Jojo na lista para a minha próxima visita a NYC - adorei a dica, querido, obrigada!
    O pistache de pesto dele é incrível, difícil não comer todo com pão antes mesmo de adicionar a massa.
    Bj!

    ResponderExcluir
  5. Interessante olhar a pimenta sob a sua perspectiva, gostei...por ter pouco conhecimento sobre elas, uso com parcimônia, acho que vou até fazer novas experiências!
    Obrigado pela visita no abóbora menina, seja sempre bem-vindo!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Vejo que tenho companhia nessa minha fase apimentada, gostei muito da receita do drink, uma delícia... Tô doida para plantar alguns pés de pimenta, já até comprei as sementes, mas não tenho a mão muito boa para isso, to esperando o digníssimo se habilitar e fazer isso pra mim; já para cozinhar a mão é uma maravilha...

    Bjs

    ResponderExcluir