food, art & spirits

food, art & spirits

terça-feira, 27 de agosto de 2013

de mimos

Duas experiências distintas com um denominador comum - a atenção ao cliente.
Perto do GabineteD, nosso novo projeto (já falado aqui), descobri alguns restaurantes bem agradáveis, que desconhecia. Foi o caso do Mimo Restaurante.Tive uma experiência típica de cinema, da primeira vez em que fui a este restaurante - comia a saladinha de entrada, quando recebi um telefonema e tive que sair no meio do almoço, deixando o prato principal (um peixe com acaçá e molho de moqueca) com muita dor no coração, mas o dever me chamava e eu tive que sair na hora mesmo. Ficou a vontade de voltar, pois os pãezinhos e a salada fresca prometiam um cardápio bem executado. E voltei e não me decepcionei. De início, me ofereceram um "mimo" - bolinhos de tapioca fritos, crocantes e bem gostosos. Pediam um recheio mais contrastante, mas foi um mimo simpático. Escolhi o cordeiro, temperado com zattar, intercalado com fatias de berinjela e cevadinha, coalhada seca e um molho de tahine e hortelã tão bom que quase peço um pote para levar para casa. O prato combinou perfeitamente com a Guinness, forte e potente.
(foto retirada do site do restaurante)
De sobremesa, ousei (uso este verbo por que depois do prato principal e dos pãezinhos, mais a cerveja, sobremesa era uma ousadia calórica) pedir a degustação de Brulées : três potinhos lindos com o creme brulée nas versões Tradicional, Tonka (uma espécie de baunilha, porém mais amendoada - deliciosa) e Lavanda. Todos os três perfeitos, com a versão Tonka se sobressaindo. A conta foi acima da média para um almoço de terça-feira, mas valeu cada centavo - a decoração, o atendimento e o público bonito reforçavam as boas características deste lugar.
Passados dois dias, eu pensava em voltar a este lugar quando me deparo, no final da Pamplona, com um restaurante sem nome visível que oferecia Dobradinha com feijão branco. Meu apreço pela heavy-gastronomia atiçou minha falta de bom senso coragem, e entrei naquele espaço desprovido de glamour e requinte. Mas a dobradinha chegou quentíssima, em uma farta cumbuca de barro - e excepcionalmente bem feita, temperos, feijão e carne na medida certa. O arroz era simples, a salada dispensável e a coca-cola de garrafinha acompanhavam um almoço baratíssimo - 15% do valor do almoço de dois dias antes. De mimo, me deram duas balinhas de hortelã. O serviço era muito atencioso e profissional,  e embora o mimo do primeiro fosse insuperavelmente mais complexo que o do segundo restaurante, a intenção foi válida. 
Platão pregava "a vida inteira precisamos de graça e gentileza."
Concordo com o grego... Agora, próxima etapa - dois dias de regime.

17 comentários:

  1. próxima ida a Sampa [outubro] já tenho programas certos ... Gabinete D e boa gastronomia ... ansioso já ... rs

    ResponderExcluir
  2. Vou com o Bratz. Mas fico na cumbuca enquanto vcs vão pro cordeirinho. Senão morro de fome, sô!

    ResponderExcluir
  3. É bom saber apreciar o "bom" da vida mesmo que, "naquele espaço desprovido de glamour e requinte.".... rsrs

    Esse almoço seu vai lotar.... comprando minha passagem em 3,2,1..... rsrrs

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vou ter que distribuir senha...rsrs
      sempre bem vinda!

      Excluir
  4. Viajei na sua crônica, pra lá de gulosa, mas de certo, como toda gulodice, muito prazerosa! Quase senti os aromas e por pouco não invadi a tela do computador para alcançar um (ou os três) brulée rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata, procure a tal da Tonka - vc vai adorar.
      abs

      Excluir
  5. às vezes é bom se permitir coisas assim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meu problema é que as vezes vira quase sempre...

      Excluir
  6. dobradinha ? de restaurante? não, obrigado...
    muito estômago de sua parte.
    abs
    Leila

    ResponderExcluir
  7. Bello, isso é um ultaje sem rigor! Não ser convidado para esse almoço faz de mim uma " Malévola" em potencial!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Fui a SP quarta-feira desta semana e me empurraram uma feijoada,daquelas pesadíssimas..e eu que não sabia que quarta é o dia da feijoada...aqui em POA é no sábado...tô de dieta desde então...rsss...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Madi, aqui em SP a feijoada é quarta e sábado...
      E PORQUE VC NÃO FOI ME VISITAR??
      bjs

      Excluir
  9. Dobradinha de boteco? Tá querendo morrer, rapaz?
    rsssrs

    ResponderExcluir
  10. ..." a vida inteira precisamos de graça e gentileza"
    A deixa para eu lhe mandar um mimo, que há muito ensaio, aguarde.
    Bjk
    Mia

    ResponderExcluir